A epopéia açórico-madeirense 1748-1756

Código : 873

De R$ 0,01 Por R$ 0,01

Indisponível no Momento

Autor : Walter F. Piazza

Editora : Edufsc

Os habitantes das nove ilhas do Arquipélago dos Açores e da Ilha da Madeira foram, constantemente, envolvidos por problemas da conjuntura social e econômica dos seus lugares de origem. Desejando novas condições de vida, atenderam ao apelo da Coroa Portuguesa, aceitando migrar para o Brasil-Meridional. Com o oferecimento da Corte de Lisboa transportaram-se em embarcações de pequenas proporções, mas trouxeram, dentro de si, todo o complexo da sua cultura, que vai se espelhar em comunidades erguidas, quer na Ilha de Santa Catarina, quer no continente que lhe é fronteiro, bem como, em seguida, se espraiiam pelo "Continente de São Pedro do Rio Grande". Esta movimentação de mais de seis mil açorianos, com seus sacerdotes, os seus Oficiais de Ordenanças, as suas tradições mais caras e bem como daquela meia centena de madeirenses é uma página de uma grande migração, agora com o seu conhecimendo aprofundado, mostrando que foi, na realidade, uma grande epopéia! A busca documental realizada nos dois lados do Atlântico, quer nos Arquivos de Lisboa e das Ilhas dos Açores e da Madeira, quer nos brasileiros, facilitou uma nova visão de tão amplo movimento populacional no século XVIII.

ISBN:

15431

Ano de Publicação:

1992

Edição:

1

Formato:

0cm.

Nº Páginas:

490p.

Peso:

0g.